Família e Felicidade

Foto: Tyler Nix/Unsplash

Tão grande que mal cabem todos à mesa. Espalhada pelo mundo, mas conectada toda semana. Com poucos membros, mas com muito amor. De poucos encontros, mas presente no pensamento e no coração. Com pontos de vista tão diferentes que às vezes é melhor ficar um pouco distante. Unida, ou nem tanto. Nos mais variados tamanhos e configurações, a família tem um lugar especial na vida das pessoas.

Não é à toa que a fonte de Felicidade mais citada pelos participantes do Caleidoscópio foi família (19,5%). Estar com os pais, mães, filhos, irmãos e curtir a família são citações recorrentes dos entrevistados quando destacam o que os faz felizes. 

Essa constatação alinha-se aos resultados da pesquisa Consumo como alcance da Felicidade, desenvolvida em 2015 com 605 brasileiros nas 27 capitais. O estudo revela que 7 em cada 10 brasileiros (69%) preferiam um estilo de vida com mais tempo para a família, ainda que isso possa implicar um salário menor. 

Já uma pesquisa do World Values Survey (wave 7: 2017-2020) mostra que 85,3% dos brasileiros entrevistados consideram a família como muito importante em suas vidas, sendo uma das instituições que mais inspiram confiança e uma fonte de apoio emocional, financeiro e prático.

Neste artigo vamos abordar as razões que conferem tamanha importância dos laços familiares para a Felicidade, os aspectos que influenciam os níveis de Felicidade na vida em família e os componentes para harmonia familiar.

Importância da família

Os motivos que traduzem a importância da família para a Felicidade vão desde o apoio mútuo e a solidariedade entre as pessoas até o sentimento de pertencimento ao grupo. Na maioria das vezes, as interações familiares dentro desse grupo e o relacionamento próximo com entes queridos geram experiências positivas em nossas vidas e influenciam nosso nível de Felicidade.

É na família que encontramos condições essenciais para nossa Felicidade e bem-estar, como:

  • Apoio mútuo e solidariedade. O fato de cuidar de nossos entes queridos e ser cuidado por eles traz uma gratificante sensação de realização.
  • Refúgio familiar. Um tempo de lazer de qualidade com nossa família ajuda a controlar o estresse. Fica mais fácil lidar com os obstáculos da vida quando se passa um tempo fazendo algo divertido com a família. 
  • Amor e apoio incondicional. Saber que temos uma rede de pessoas com quem sempre podemos contar é essencial para nossa saúde física e emocional. Os benefícios acabam sendo para ambos os lados: para quem dá e para quem recebe amor e apoio.
  • Experiências compartilhadas. Boas experiências compartilhadas podem amplificar o efeito de emoções positivas. Até mesmo a recordação de experiências compartilhadas pode impulsionar nosso bem-estar.
  • Sentimento de pertencimento. Resultados de pesquisas indicam que pessoas com um forte senso de pertencimento a um grupo de apoio relataram estar mais felizes. Ou seja, pertencer é uma necessidade primordial do ser humano e atender a essa necessidade nos ajuda a ser mais felizes.

Por que a família nos faz felizes?

Uma das primeiras razões pelas quais a família está na base da Felicidade é porque ela proporciona segurança financeira em nossos primeiros anos de vida, permitindo que nossas necessidades básicas sejam atendidas. Esse é um aspecto crucial quando se trata de estabelecer as bases para uma vida feliz, mas não é o principal, pois o vínculo entre família e Felicidade vai além de dinheiro ou de posses. Inúmeras pesquisas evidenciam que a qualidade dos laços familiares é mais importante para a Felicidade do que a renda. 

Foto por cottonbro em Pexels.com

É, de fato, o apoio entre as pessoas que explica a importância da família para a Felicidade. Como apontado em diferentes estudos, esse apoio tem dois sentidos. De um lado, pessoas que dependem de outras para obter apoio emocional. De outro lado, o fato de saber que alguém nos protege melhora nossa autoestima, nossa autoconfiança e nos faz mais felizes. 

Outro aspecto que influencia nossos níveis de Felicidade na vida em família é o relacionamento com os irmãos, impactando diretamente no nosso bem-estar emocional. Não é à toa que alguns participantes do Caleidoscópio disseram que seus irmãos eram seus melhores amigos. Isso poderia ser explicado (conforme defendem os biólogos evolucionistas) porque compartilhamos metade de nossos genes, então estamos predispostos à proximidade e respondemos positivamente a ela.

Seja por uma questão emocional, biológica ou mesmo cultural, o fato é que a família é muito importante para a Felicidade. É onde nos nutrimos com afeto, segurança e energias positivas. É onde alinhamos nossas vibrações. Onde buscamos e geramos harmonia.

Harmonia em família

Quatro são os componentes fundamentais para a harmonia na família

  • Comunicação
  • Respeito mútuo
  • Ausência de conflito 
  • Tempo compartilhado com a família 

Um quinto componente a ser agregado é a reciprocidade entre os membros da família, alimentando trocas e cooperação. A harmonia familiar é, portanto, conquistada a partir de um conjunto de atitudes comunicativas, respeitosas, atenciosas e recíprocas, em uma dimensão temporal dedicada à família. 

Como se pode ver, a construção de relacionamentos fortes e significativos com nossos entes queridos está na base da Felicidade em família. Se nossa família é feliz, é muito provável que seremos felizes. Então, que tal refletir sobre o que estamos fazendo para mostrar o nosso amor e apoio à nossa família? Continue acompanhando nossos artigos aqui no blog e siga nossos posts no Instagram.

2 respostas para “Família e Felicidade”

Os comentários estão fechados.