Gratidão e Felicidade

Foto: Zac Durant/Unsplash

Muito obrigado! Muito obrigada! Palavras mágicas que abrem portas e corações, inclusive  de quem as diz, e que usamos para demonstrar gratidão. Parece trivial e uma regra simples de convivência e educação, mas saber reconhecer atos de bondade, valorizar a ajuda que recebemos de alguém e agradecer pelas coisas positivas que acontecem diariamente, mesmo em momentos difíceis, pode ser um caminho para a Felicidade.

Ainda que agradecer seja algo esperado e, às vezes, até exigido, um “obrigado” espontâneo sempre faz bem a quem o ouve. E para quem fala, qual o benefício? Pessoas que colocam a gratidão em prática são mais felizes, têm mais energia e mais esperança e experimentam com mais frequência emoções positivas.

Embora seja positivo demonstrar nossa gratidão e bons sentimentos com outras pessoas, raramente paramos para pensar sobre a importância de agradecer e o quanto isso pode nos fazer felizes. Qual a relação entre gratidão e Felicidade? 

Neste artigo vamos tratar desse sentimento que nos aproxima das outras pessoas e de nós mesmos: a gratidão.

Ser grato nos faz mais felizes?

Gratidão e Felicidade são temas fortemente relacionados e que vêm sendo pesquisados há muito tempo, tendo recebido mais atenção em estudos científicos recentes. Pesquisas realizadas no campo da Psicologia Positiva apontam que a gratidão está fortemente associada a uma Felicidade maior por permitir às pessoas vivenciar emoções positivas, desfrutar de boas experiências, cuidar da saúde, melhor enfrentar adversidades e desenvolver e manter relacionamentos duradouros. Tudo isso as torna mais felizes. 

Foto: Marcos Paulo Prado/Unsplash

A gratidão é, portanto, um sentimento que influencia positivamente a Felicidade. Ou seja, quando nos sentimos gratos, tendemos a nos sentir mais felizes. Em comparação com a alegria e a esperança, a gratidão é uma emoção social mais profunda, enquanto a alegria é o resultado de um comportamento ou ação e a esperança é um pensamento sobre uma ação ou um bem futuro.

A palavra gratidão é derivada da palavra latina gratia, que significa graça, um agradecimento por algo que recebemos, seja tangível ou intangível. Com gratidão, as pessoas reconhecem não só a bondade em suas vidas, mas que a fonte dessa bondade está, pelo menos parcialmente, fora de si mesmas. Como resultado, a gratidão também ajuda as pessoas a se conectarem a algo maior do que elas mesmas, seja a outras pessoas, à natureza ou a algum poder superior.

As três formas mais comuns pelas quais as pessoas expressam gratidão estão relacionadas a uma dimensão temporal. 

  • Passado: podemos ser gratos em relação à vida que tivemos até aqui, valorizando nossas memórias positivas, bênçãos recebidas ou pessoas com as quais convivemos ao longo desses anos. 
  • Presente: podemos ser gratos pelo momento presente, reservando efetivamente um tempo para desfrutá-lo, sem atribuir os bons momentos a apenas uma questão de sorte. 
  • Futuro: podemos ser gratos em relação ao o que está por vir, com mais esperança e otimismo, agradecendo pelo que ainda vamos viver.


A gratidão não faz bem somente para quem ouve, mas também para quem a expressa. Isso porque quanto mais alguém sente gratidão, menos tempo ou espaço sobram para pensamentos negativos. Portanto, a gratidão beneficia a todos. 

Um estudo analisou como esse sentimento pode melhorar os relacionamentos e identificou que casais que dedicam um tempo para expressar gratidão um ao outro não apenas se sentem mais positivos em relação ao parceiro, mas também se sentem mais à vontade para falar sobre o relacionamento.

Por que é importante praticar a gratidão?

A gratidão é o estado de espírito mais generoso no qual podemos focar nosso pensamento. Quando expressamos ou recebemos gratidão, ficamos mais felizes. Mas como a maioria dos traços e qualidades desejáveis, não basta simplesmente decidir ser grato, devemos praticar a gratidão ativa e continuamente todos os dias.

No livro “The How of Happiness”, a pesquisadora Sonja Lyubomirsky aborda a prática da gratidão como uma estratégia para se alcançar a Felicidade. Esse exercício nos oferece um momento para desfrutar a alegria que experimentamos e uma forma de neutralizar emoções negativas. A gratidão nos ajuda a ser menos negativos e quanto mais a praticarmos, mais elevada estará nossa autoestima, por pensarmos no bem que alguém nos fez ou na ajuda que prestamos ao outro.

Foto: Steve Halama/Unsplash

Cultivando a gratidão 

A gratidão é uma qualidade que as pessoas podem cultivar. É uma forma de valorizar o que se tem, ao invés de buscar incessantemente algo novo na esperança de que isso nos faça mais felizes. Ela nos ajuda a focar no que temos, em vez de no que nos falta. Esse estado mental, embora possa parecer difícil no princípio, se torna mais forte com o uso e com a prática.

Existem muitas maneiras de expressar nossa gratidão aos outros, a nós mesmos, a um poder superior ou até mesmo ao próprio universo. No entanto, pode ser difícil começar sem ideias práticas. Algumas atitudes, ainda que singelas, podem ser muito positivas e importantes. 

Manter um diário de gratidão. Em tempos de pandemia, em meio a tantas notícias negativas que nos atemorizam, certamente há coisas positivas que nos ocorrem todos os dias, e que, muitas vezes, não percebemos ou não damos importância. Então, anote seus pensamentos sobre as bênçãos e bondades que você recebeu a cada dia e reflita sobre o que deu certo ou pelo que você é grato. Essa é uma ferramenta que ajuda a acompanhar as coisas boas da vida. Não importa o quão difícil possa parecer, sempre há algo pelo qual se sentir grato. Esse diário pode proporcionar uma nova perspectiva sobre o que é importante e o que você realmente aprecia em sua vida. Ao anotar as coisas pelas quais você é grato, você pode entender melhor o que deseja, focando no que realmente importa.

Escrever uma mensagem de agradecimento para alguém. Expresse alegria e reconhecimento pela importância dessa pessoa em sua vida. De vez em quando, escreva para si mesmo. Quem vai escrever a mensagem e quem vai lê-la certamente se sentirá muito bem. 

Agradecer a alguém mentalmente. Isso gera e emite vibrações positivas para a pessoa. Fará bem para ela e, certamente, para você também. 

Rezar. As preces nos auxiliam a gerar uma frequência vibratória positiva que nos estimula a cultivar a gratidão.

Meditar. A meditação envolve focar no momento presente, sem julgamento. Embora as pessoas geralmente se concentrem em uma palavra ou frase (como paz), também é possível focar nas coisas pelas quais você é grato em sua vida. Você pode pensar nas pessoas pelas quais é grato ou simplesmente pela capacidade de respirar, de ter mãos para tocar, olhos para ver, pernas para andar. A meditação de gratidão tem um efeito duplamente positivo, já que reúne duas das práticas de Felicidade.

Cultivar a gratidão é, por fim, como cuidar das flores de um jardim. Seu jardim. É preciso limpar, regar, nutrir. Não importa qual forma você vai adotar para praticar a gratidão, o importante é que seja todos os dias. Com a prática da reflexão grata, você cultiva o senso de autoconsciência e gera uma maior sensação de bem-estar, melhorando seus níveis de Felicidade. E então, pelo que você é grato?

Acompanhe nossos conteúdos aqui no blog e pelo Instagram.