Ser (mais) feliz praticando um hobby – PARTE 1

“Ninguém está realmente feliz e seguro sem um hobby”
William Osler

Foto por Andre Furtado em Pexels.com

Jardinagem, artesanato, jogar xadrez, tocar um instrumento musical ou o simples ato de cozinhar. Atividades que são hobbies para algumas pessoas e que elas praticam com muito prazer. Práticas que geram sentimentos e sensações positivas e que nos fazem mais felizes. 

Será? Quem dedica tempo para seus hobbies é mais feliz? 

Neste artigo, dividido em duas partes, vamos analisar esta questão e discutir os benefícios de hobbies para nossa Felicidade. 

Ter um hobby aumenta a Felicidade?

Foto: Sanni Sahil/Unsplash

Um dos segredos para uma vida feliz é, aparentemente, dedicar mais tempo aos seus hobbies. Como já discutimos aqui no blog, no artigo Dinheiro e Felicidade, valorizar o tempo mais do que a busca por dinheiro leva a sentimentos de um bem-estar maior. Por consequência, valorizar o tempo significa usá-lo com sabedoria, como em hobbies por exemplo. 

Pode parecer óbvio que encontrar algo que você goste de fazer e que não dependa do mundo externo pode ajudá-lo a se sentir melhor e mais saudável. Bem… é isso mesmo! Não importa o que você goste de fazer como passatempo, vá em frente! Isso realmente faz bem para você. 

Foto: Jadson Thomas/Pexels.com

Hobbies ajudam você a se sentir mais energizado e conectado com o mundo em geral e com menos probabilidade de se esgotar com suas outras responsabilidades. Um estudo realizado na Coreia do Sul revelou que o envolvimento em atividades físicas de lazer em um clube esportivo tornava os participantes mais felizes e eles envelheciam melhor. 

Psicologicamente, realizar uma atividade que lhe dá prazer, como fazer crochê, assar cookies ou tocar violão, dá um impulso e traz alegria à sua vida. Além disso, atividades de lazer prazerosas e realizadas regularmente estão relacionadas a níveis mais altos de Felicidade e níveis mais baixos de depressão. Portanto, se você deseja aumentar a Felicidade e reduzir o estresse, a prática de hobbies em ciclos regulares é uma ferramenta valiosa. 

Mas o que são hobbies, afinal? 

Um hobby é uma atividade realizada regularmente, fora do ambiente de trabalho, estritamente por prazer e relaxamento. Isso pode significar colecionar selos, esculpir em madeira, fotografar a natureza ou mesmo consertar coisas. E não importa se você não é tão bom nisso, o que importa é que você goste. 

Foto: Gary Barnes/Pexels.com

Passatempos simples e prazerosos, como comer pipoca assistindo suas séries favoritas, cuidar da sua horta de ervas frescas, comer bergamota no sol no inverno ou melancia na sombra no verão são atividades, ao mesmo tempo, relaxantes e energizantes. 

Muitas atividades que fazemos com prazer acabam entrando na categoria de hobbies, mesmo que sejamos “obrigados” a fazê-las. Beber, comer, ouvir música, praticar meditação. Cozinhar, por exemplo, é algo que muitas vezes temos que fazer, mas que pode se transformar em uma atividade prazerosa e gratificante. Depende de como a encaramos. 

É importante deixar-se envolver por fazer o que quiser e o que gostar. Não tem a ver com trabalho, com obrigações ou com deixar algo (ou tudo) de lado. Tem a ver, simplesmente, com dedicar o seu tempo para você.

Tendo claro o que são hobbies e como eles podem ser importantes para nossa Felicidade, vamos discutir na próxima semana, na segunda parte deste artigo, sobre os benefícios de ter um passatempo ativo e sobre como se organizar para desfrutar dele. 

Acompanhe nossos conteúdos aqui no blog e no Instagram.

Uma resposta para “Ser (mais) feliz praticando um hobby – PARTE 1”

Os comentários estão fechados.