Passear feliz com a “magrela”

Foto: Daniel Frank/Pexels.com

Para falar das associações com Felicidade aqui no blog, nós já tratamos da importância da saúde, da atividade física, do contato com a natureza, da prática de um hobby. 

Pois bem, hoje vamos falar de algo simples, que reúne todos esses benefícios e que nos faz muito felizes: andar de bicicleta. Simples assim.

Os benefícios de pedalar 

A cultura da conveniência e do conforto fizeram do carro o meio de transporte preferido por gerações, mas seu alto custo e os efeitos dramáticos sobre a poluição ambiental, a forma como ele isola as pessoas de suas comunidades e a taxa alarmante de acidentes nas cidades nos fazem pensar sempre sobre uma das invenções mais perfeitas da humanidade: a singela a bicicleta!

Foto: Big Bear Vacations/Pexels.com

Andar de bicicleta é divertido, melhora o seu bem-estar físico e mental, é conveniente para se locomover localmente e é ecologicamente correto. Você lembra de como se sentia livre andando de bicicleta quando era criança? Você pode desfrutar disso passeando pelo seu bairro ou por um parque, na companhia da bike e de amigos.

Para além da diversão, o uso da bicicleta gera benefícios para a saúde, para o seu bolso e para a sociedade. O ciclismo diário tem efeitos comprovados na redução da obesidade e na melhora da qualidade de vida e da saúde mental. 

Alguns desses saudáveis benefícios incluem:

  • Diminuição dos níveis de estresse e de ansiedade e redução do risco de depressão
  • Desencadeia a liberação de substâncias químicas de “sentir-se bem” no cérebro que fazem você se sentir feliz (o famoso “quarteto fantástico”, já abordado aqui no blog)
  • Aumento da aptidão cardiovascular
  • Dormir melhor
  • Aumento dos níveis de criatividade e de produtividade

Profissionais de saúde destacam a importância de pedalar pelo menos 30 minutos por dia com intensidade moderada. Uma ótima maneira de se exercitar enquanto se diverte.

Conveniência e eficiência

Indo além, adotar a bicicleta no seu dia-a-dia traz benefícios de conveniência e de eficiência. 

Foto: Andrea Piacquadio/Pexels.com
  • Considerando-se o trânsito nas grandes cidades, o tempo de viagem de bicicleta é mais previsível e reduzido do que o de um carro no mesmo trajeto.
  • Andar de bicicleta é uma ótima maneira de chegar a uma loja de bairro e geralmente você pode estacionar a magrela mais perto de destinos do que carros.
  • Para percorrer distâncias de até 5 km costuma ser mais rápido ir de bicicleta do que ir de carro.
  • Pedalar para o trabalho, escola, universidade ou outros locais pode ser uma maneira conveniente e prática de incorporar exercícios regulares a um dia-a-dia atarefado.

Bom pro bolso e pra sociedade

Do ponto de vista econômico, andar de bicicleta gera benefícios que você pode calcular na “ponta do lápis”:

Foto: Brett Sayles/Pexels.com
  • O custo de compra e manutenção de uma bicicleta gira em torno de 1% do custo de compra e manutenção de um carro.
  • Percorrer uma distância de 5 a 10 km por dia, de bicicleta, em direção ao trabalho, pode representar uma economia de R$ 2.500 a R$ 3.000 por ano, incluindo todos os custos de funcionamento e depreciação.
  • O estacionamento de bicicletas é geralmente gratuito, de fácil acesso e mais conveniente do que o estacionamento de carros.

E não é somente você que se beneficia ao se locomover de bicicleta, mas a sociedade como um todo.

Foto: Agung Pandit Wiguna/Pexels.com
  • As bicicletas causam menos danos às superfícies das ruas do que os carros. Além disso, as ciclovias disponíveis oferecem verdadeiras “vias expressas” aos ciclistas.
  • O custo anual dos congestionamentos de trânsito nas grandes cidades é astronômico. Mais bicicletas nas ruas podem reduzir esse problema e seus custos associados.
  • A construção de ciclovias e pedestres compartilhados também traz benefícios para pedestres e pessoas com deficiência, proporcionando uma rede maior de caminhos e travessias de estradas melhoradas.
  • Mais pessoas andando de bicicleta geram mais oportunidades de relacionamentos sociais, o que pode aumentar muito o senso de comunidade e de conexão, mesmo em tempos de pandemia e com o adequado uso de máscaras.
  • Mais bicicletas em um bairro pode significar menos carros, levando a um trânsito mais seguro, o que pode beneficiar especialmente crianças e idosos.
  • Quando as pessoas usam a bicicleta como meio de transporte é muito provável que usem o comércio local para fazer suas compras, o que ajuda os pequenos comerciantes de bairro, nestes tempos tão complicados de pandemia.

Amiga do meio ambiente

Por fim, os benefícios ambientais de andar de bicicleta são evidentes e notórios e já sabemos disso há tanto tempo, mas não custa reforçar.

Foto: Daniel Frank/Pexels.com
  • O uso de bicicletas não consome combustíveis fósseis e é um meio de transporte livre de poluição.
  • As bicicletas reduzem a necessidade de produzir, comprar, manter e descartar carros a custos consideravelmente superiores. Ou seja, menos sucata.

Optar por pedalar não é só poder desfrutar de tantos benefícios, mas também o de gerá-los para outras pessoas. É uma ação positiva que beneficia a todos.

Então, que tal aproveitar esses dias de outono com sol lindo, colocar uma máscara no rosto, um tubo de álcool gel no bolso e levar a magrela para passear para ser Feliz? E não esqueça do capacete!

Acompanhe nossos conteúdos no blog e no Instagram.

Uma resposta para “Passear feliz com a “magrela””

Os comentários estão fechados.